Transporte coletivo urbano pode parar a qualquer momento, deixando eunapolitanos a pé.

1
624
FOTO GENTILMENTE CEDIDA POR VIA41.COM,BR

As Ações, os embates, as discordâncias, já se tornaram rotinha, pois sempre existe algo que está prejudicando a circulação dos ônibus que fazem o transporte coletivo urbano de Eunápolis.

Cada um do seu lado, mostra e tenta explicar os prejuízos que a empresa eunapolitana está tendo com tamanha concorrência dentro da cidade de Eunápolis com 120 mil habitantes.

Além, dos taxis, dos mototaxis e mais recente os carros de aplicativos, tudo isto diminui os passageiros que utilizam empresa, que amarga o pagamento de alvarás, impostos e uma série de gastos e, o pior de todos os “clandestinos”.

Os clandestinos trem até ponto final, eles pegam os passageiros dos ônibus e quando o ônibus chega, não tem praticamente ninguém como passageiros, e os coletivos são obrigados a rodar praticamente vazios.

A concorrência continua sendo desleal, além do mais, os coletivos ainda tem de respeitar a lei e transportar, idoso, deficiente, grávidas e portadores de deficiências, mas existe uma saída, e que até agora ninguém, nenhuma autoridade resolveu solucionar o problema, ou seja: “os clandestinos, deixaram esta categoria (clandestinos) e passarão a ser “alternativos”, para isto, terão de constituir uma associação, fazer o seu registro, comprar Vans, e junto com a prefeitura, Detran e Eunapolitana, começar a rodar em rotas, onde a eunapolitana não tem uma linha.

Neto Guerrieri em seu período administrativo, deu 29 alvarás para taxis, as à época, nenhum deles queria ficar estacionado em seus pontos preferiram utilizar a placa vermelha, a plotagem mas rodas como clandestinos, agora surge um impasse:

Para dirimir esta situação o MP deverá acionar a todos, esclarecer as divergências e a polícia começar a agir, pois, uma empresa, que paga impostos, recolhe o FGTS, Alvarás, tem funcionários na folha, parar por causa da omissão das autoridades, é o maior absurdo, e fica no ar uma pergunta: E os idosos, deficientes, grávidas e os demais, como vão fazer para suas locomoções?” No final do mês, motoristas, trocadores, mecânicos, faxineiros, vão todos querer receber seus salários e estes vão sair de onde?

COMPARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Nos horários de maior movimento, os clandestinos e oportunistas de plantão se ajuntam tais quais urubus na carniça nos pontos de maior movimento de passageiros. Vão rapando a pele, a carne e a gordura, deixando a ossada para a empresa de ônibus. Sugiro que o proprietário da Eunapolitana mova uma ação na justiça contra os órgãos encarregados da fiscalização, obrigando os mesmos a arcar com os prejuízos que a empresa de transporte amarga por negligência ou incompetência dos tais em cumprir seu papel fiscalizador. Certamente, equilibrará o caixa da empresa que, além de cumprir uma série de exigências legais para seu funcionamento, emprega e sustenta muitas famílias.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui