Um Guerreiro na São Silvestre.

0
3821

Ele saiu de Eunápolis e foi mais uma vez, correr a maratona de São Silvestre, como faz todos os anos. Não se importando em classificações, mas somente para representar a sua cidade e seu estado, Guerreiro sempre faz o que gosta, e as fotos desta sua epopeia, ele envia ao rota51.com, porém estre ano, ele enviou um texto, que traduz, o que realmente importa em participar da corrida anual de são Silvestre; “texto de Milton Guerreiro”

O MUNDO CORRE AQUI NA PAULICÉIA DESVAIRADA.  ACONTECE O CONGRAÇAMENTO DE POVOS DE MUITAS NAÇÕES.  A CLASSIFICAÇÃO É O QUE MENOS IMPORTA PARA OS MAIS DE TRINTA E CINCO MIL PESSOAS. OS  QUENIANOS CUMPREM O SEU PAPEL  E OS ATLETAS DE ELITE DO BRASIL TAMBÉM FIZERAM BONITO. JÁ O POVÃO FEZ A FESTA COM SUAS FANTASIAS EXÓTICAS, AINDA MAIS SABENDO QUE A TRANSMISSÃO SERIA PARA MAIS DE DUZENTOS PAÍSES. FOI UM SHOW DE ORGANIZAÇÃO. VALEU MUITO A PENA REPRESENTAR EUNÁPOLIS E A BAHIA.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui