Unisulbahia promove palestra sobre derramamento de óleo no nordeste brasileiro.

0
334

Foi uma palestra sem política e nem politicagens, os palestrantes altamente qualificados, falaram sobre a situação, como forma de alertar os prejuízos tanto para a saúde, como para o meio ambiente.

Os palestrantes Igor Emiliano, oceanógrafo, falou sobre o desconhecimento da origem do derramamento, a quantidade que ainda pode estar por vir, o início de tudo e o que está acontecendo até agora, a providencias a serem tomadas e o que já foi feito, ele falou em um vídeo, os procedimentos normais de toda esta situação.

Allison Gonçalves, com licenciatura em química, falou sobre o impacto ambiental a toxicidade do produto e o que afeta na saúde humana e dos animais. Allison falou sobre a proibição de manejo por pessoas inabilitadas e as causas desta desobediência, também falou em vídeo a real situação deste derramamento de óleo no mar. Vejam vídeo sobre o assunto:

A enfermeira Elienes Santos, especialista em emergência e urgência médica, fez um relato completo dos prejuízos para a saúde, quando certos quesitos não são obedecidos e os males advindos desta situação, falou sobre os sintomas de males no organismo humano e, quais as providencias que devem ser tomadas de imediato, falou da toxicidade causada por petróleo cru, tanto no trato interno como na parte exterior do corpo humano.

A enfermeira Kelly Rebouças, também graduada no setor, especialista em doenças, falou dos elementos mais vulneráveis com tudo isto, os cuidados que devem ser tomados quando em contato com estes elementos perigosos, o que usar e não usar, ao se envolver com esses produtos, principalmente quando não se usa EPI’s, e onde pedir socorro.

E finalmente o advogado Rodrigo Tadeu Morelato, falou sobre direito, já que é especialista em direito administrativo, já que grande parte dos presentes, eram do curso de enfermagem ou administração de empresas, e como conhecedor profundo da área, discorreu também sobre o direito ambiental.

Todos os presentes, o que sabem sobre este derramamento de óleo, é pelos noticiários e sobre isto, há uma certa observação a fazer, que existe de alguma forma uma tendenciosidade em defender o atacar alguém, nesta palestra onde a política ficou de fora, os palestrantes se ativeram somente ao impacto ambiental, suas causas, o que está sendo feito, o que poderá ser feito, para que a população conheça mais de perto o que ainda poderá ser feito, em caso de maior incidência desta situação, pois ainda não se sabe, a quantidade do que foi derramado, a origem de tudo e até quando, esta situação  vai continuar.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui