Vice Ministro Nabhan Garcia da agricultura, vem a Eunápolis e ouve acusações contra o MST.

0
864

Esteve na manhã desta 2ª feira 09/03, o vice ministro e secretário especial de assuntos fundiários do Ministério da Agricultura, Nabhan Garcia, que em sua visita, veio anunciar a titulação de terras na região e, mostrar que em todo Brasil 600 mil títulos de propriedade serão entregues, para posseiros de 600 mil áreas rurais, acabando com a situação irregular, dando a estes posseiros, a garantia de propriedade.

Para tanto estiveram integrando a comitiva do vice ministro, o deputado federal João Barcelar, representantes do INCRA, IBAMA, ICMBio, SPU, FUNAI, PRF, PF e a 7ª CIPM comandados pelo Major Wagner. Em primeiro plano, todos os presentes que compuseram a mesa, se apresentaram, e como sendo uma audiência pública, todos os presentes tiveram e interessados, na regularização da situação fundiária que assola o extremo sul da Bahia, falaram também representantes dos sindicatos dos Produtores Rurais, na pessoa de Eliane Oliveira e do STTR Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais sendo esteve presente Wellington Santos da FETAG e Natanael Braga e como produtor rural o vereador Ramos Filho e da Dra. Alessandra Bardo delegada de polícia federal.

Jornalista Rose Marie Mestre de cerimônias

Diante do que foi discutido, chegou o momento de ouvir assentados de diversas regiões, como Prado, Cumuruxatiba, Porto Seguro dentre outras, e aí o vice ministro e todos os presentes, ouviram, que muitos assentados, foram expulsos de suas terras, por integrantes do MST, que barbarizaram pessoas, com expulsões, espancamentos e tomadas de áreas, coisas que o ministro abominou, dando conta que existem leis que proíbem estas ações, dando conta de que os MST não tem autoridade para tomar este tipo de iniciativa. Outras reclamações inclusive de fazendeiros, dando conta de que quando não é o MST, são os índios que reivindicam as terras, dando conta de que, elas lhes pertencem, as denúncias também contam com o fato de que o MST, usa pistoleiros, para aterrorizar os assentados e que por isto, precisa agilizar o processo de titulação das referidas áreas. Segundo o vice ministro, esta foi a 1ª audiência pública do nordeste e aconteceu em Eunápolis.

Outras reclamações deixaram os representantes do INCRA de “calça curta”, denunciando que eles, não estariam recebendo integrantes de movimentos e com isto prejudicando suas situações diante de fatos acontecidos. O vice ministro, chamou todos para um esclarecimento na hora, mostrando que esta não é a atitude que o presidente Jair Bolsonaro quer, e que ele ficará sabendo de tudo que ocorreu, e ao que tudo indica muita gente vai ter que prestar contas de suas atitudes.

Em determinado momento o vice ministro levantou e disse que esta ao celular, recebendo notícias, de que mais ou menos 500 pessoas do MST, estariam invadindo o prédio do Ministério da Agricultura, e que desta forma o presidente não irá titular estas terras, pois o país precisa parar de ser uma bagunça e que isto é coisa de bandido e, que este governo não vai permitir invasões nem de propriedades e nem de prédios públicos, que isto é coisa de vagabundos.

A vinda do vice ministro Nabhan Garcia a Eunápolis foi um trabalho do deputado federal João Bacelar, o presidente da Câmara Municipal Jorge Maécio e Neto Carletto. O vice Ministro, talvez nunca tenha tido a ideia do que ia ouvir, talvez ele nunca tenha pensado em ouvir tantas denúncias contra o INCRA como ouviu, e diante das denúncias, pode-se pensar que algumas pessoas poderão até perder seus empregos, devido as denúncias de descaso e falta de competência dos integrantes do INCRA que aqui estiveram.

Por outro lado, dentro do contexto da visita do vice ministro, ele concedeu uma entrevista à reportagem do rota51.com, falando sobre a titulação de terras, o combate às invasões de terras, e de como será o processo de agora pra frente:

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui